O teu Medo num Super Poder!

July 25, 2017

Sêneca (4 a.C) foi um filósofo, escritor cuja frase: “…sofremos mais na nossa imaginação do que na realidade”, reporta-me ao poder da mente para criar o medo.

 

O medo é uma emoção necessária para garantir a preservação da espécie e obviamente é vital que tenhamos o discernimento de perceber, até que ponto é que podemos ou queremos correr riscos. O medo nada tem de mal de per si. Inclusivamente, é natural e saudável deixar vir e sentir o medo.

 

O que trago aqui, não é o medo da sobrevivência da espécie. A maioria de nós já não necessita de se proteger fisicamente, não temos que fugir constantemente de animais selvagens.

 

Atualmente lidamos com medos interiores baseados nas nossas inseguranças e nos nossos padrões de comportamento, ou seja, a forma como lidamos com o medo depende assim, da nossa capacidade de percepção e da nossa consciência da situação ameaçadora.

 

O medo que sentimos e que tem a sua origem nos nossos pensamentos sobre um acontecimento que pode vir a repetir-se, provoca-nos angustia ou se é um medo sobre algo que pode vir a acontecer, provoca-nos ansiedade.

 

Esse medo não pertence ao aqui e agora. Se pertence ao futuro não é real. Se pertence ao passado é um padrão de comportamento aprendido que só serve para nos limitar.

 

E tantos momentos há em que nem sequer sabemos porque é que temos medo e é aí, que entra o nosso inconsciente a controlar o consciente. Lembra-te de tornares consciente o teu inconsciente.

 

O momento presente é tudo o que temos e no aqui e agora quando esse medo chega, paralisamos, fugimos ou atacamos.

 

Nas situações de medo em que paralisamos, ou seja, em que não tomamos qualquer tipo de ação onde nada acontece, tudo passa a acontecer dentro de nós, através dos nossos pensamentos, projeções e “filmes de Hollywood”.

 

O medo tem sido desde sempre utilizado como arma de controlo. Estamos imersos numa cultura de medo que nos paralisa e adiamos a nossa vida por causa do medo que pode ser tudo o que a imaginação quiser: medo de falhar, medo do ridículo, medo de errar, medo de ser abandonado…

 

"Deus colocou as melhores coisas da Vida , do outro lado do Medo" E assim é, tudo aquilo que me aterroriza é na verdade o que mais desejo. E aterroriza porque representa um risco, porque representa uma mudança, porque para lá desse medo, existe uma verdade, um propósito maior, que faz parte de mim e grita para sair.

 

Não conseguimos controlar os nossos batimentos cardíacos, o suor e o tremor quando o medo dispara mas podemos controlar os nossos pensamentos a nossa imaginação e é aqui que a energia do medo se pode transformar num super poder.

 

Eu sempre quis voar, desde menina que imaginava que tinha asas ou que quando dançava o meu corpo naturalmente elevava- se  no ar e desenhava rodas e piruetas.

 

Trinta anos mais tarde descrevi com entusiasmo e excitação ao meu namorado esta minha vontade que ainda permanecia em mim de querer voar.

 

Um belo dia recebi a caminho de Évora e de um fim de semana supostamente romântico um presente de aniversário: um salto de paraquedas que ia acontecer dali a meia hora!

 

Fiquei aterrorizada, as minhas células gritavam um estrondoso NÃO e o meu corpo tremia. A minha mente bloqueou, porque o barulho dos meus batimentos cardíacos eram tão altos que ensurdeciam tudo o resto.

 

Fui para a casa de banho e olhei-me ao espelho, estava sem pinga de sangue no rosto. Sentei-me no chão e senti um terror e ao mesmo tempo uma excitação. Sentia-me tão viva!

 

A minha mente transportou-me para a menina de 8 anos que queria voar e foi aí que se deu a mudança. Eu ia voar UAU eu ia voar, finalmente. E “voei”. E foi uma das melhores experiências que tive na vida.

 

Ressignifiquei os meus pensamentos em relação ao meu medo reescrevendo assim o filme da minha mente.

 

Em vez de ver o medo como algo negativo e deixar-me paralisar, usei a sua energia: deixei-me tremer, vivi a minha taquicardia, aceitei tudo o que estava a passar-se no meu corpo e canalizei toda a excitação, a energia do medo para a ação.  

 

O medo serve-nos, não somos nós que o temos de servir. Ele serve para nos acordar. É nessa mudança de foco, do extremamente assustado para o extremamente excitado, que a energia do medo se transforma num super poder.

 

É usarmos a nossa imaginação para esse futuro que está já a acontecer.

 

Eu tinha um objetivo: voar. Eu defini o meu sonho e não o meu medo. Não podia controlar os meus batimentos cardíacos nem o tremor do meu corpo, mas podia exercitar a minha mente para me concentrar firmemente num propósito maior que era o meu sonho de voar.

 

Quando optamos pelo medo enquanto aniquilador dos nossos objetivos e dos nossos sonhos, pagamos um preço altíssimo.

 

A questão que temos que colocar é: Como será a minha vida daqui a 3 anos, 12 anos, 30 anos, em todos os aspetos: emocional, físico, financeiro…?

 

Quais são os teus sonhos e os objetivos que não realizas por medo e que nem sequer tentas, nem sequer tentas. Já pensaste nisto?

 

A maioria de nós nem chega sequer a tentar, ou seja, não tentamos baseados no nosso mundo e naquilo que conhecemos.

 

Não tentamos porque imaginamos ou que não vale a pena, ou que não vamos conseguir, etc.

 

Não tentamos porque pegamos na nossa imaginação e projetamos para um futuro negativo ou para um passado angustiante e traumático. Não podemos lidar com algo que já não existe ou que ainda está para acontecer, ou seja, não é real!

 

Reescreve, ressignifica, quando estás perante a barreira do medo. Usa o poder da tua mente para derrubar o teu medo e usa a energia do medo para transformá-lo num super poder, depois dessa mudança de foco para o positivo, entra em ação e persiste.

 

E fica nessa ação e persistência, só assim ultrapassas o medo.

 

Exige dedicação, devoção, paixão, resiliência, coragem, viver a vida dos teus sonhos.

 

És tu o criador da tua Vida, mais ninguém, Usa o teu Poder!

 

Questiona-te:

 

O meu medo é real?

De que é que eu tenho medo?

Como posso usar o meu medo para o transformar num super poder?

 

Este vídeo é inspirador:

https://www.youtube.com/watch?v=FQY-UhyOCm8

 

Sofia Pérez, Coach Holístico

Coach Holístico e Mentoring em Lisboa, Linha Cascais e Sintra, Abrantes

Para que serve o coach holístico? mudar a tua vida, melhorar, atingir metas, sonhos, objetivos, numa abordagem que une todas as tuas facetas quer a nível relacional, familiar, financeiro, profissional e espiritual. ​ Qual é o grande objetivo? Seres mais feliz, descobrires o poder que reside em ti, que é enorme!

Contacta-me para o email: coachsofiaperez@gmail.com

www.coachsofiaperez.com

https://www.facebook.com/CoachSofiaPerez

 

Share on Facebook
Please reload

Recent Posts
Please reload