AUM

November 23, 2018

 

Ontem participei numa meditação social ativa (AUM) com um grupo de mais de 30 pessoas que, durante 3 horas, interagiu em dinâmicas tão simples quanto poderosas.

 

Através do movimento, da música, da expressão e do contacto físico, permitimo-nos libertar a tensão e as emoções bloqueadas.

 

Passamos uma vida a carregar emoções de experiências passadas que ficaram retidas no nosso corpo-mente.

 

Se não as libertamos, ficamos prisioneiros delas e assim condicionamos a nossa vida, e isso impede-nos de avançar.

 

Nós não somos as nossas emoções. Quando nos esvaziamos delas, dos nossos pensamentos e dos nossos conceitos, abrimos espaço à nossa verdadeira mente. Abrimos espaço ao novo na nossa vida.

 

O primeiro passonesta meditação social ativa é libertarmos toda a negatividade e a tensão do nosso corpo.

 

A pressão de um músculo, num só ponto, consegue desequilibrar o nosso organismo, colocando-o em tensão.

 

Quando estamos a viver em tensão interferimos com a experiência emocional interior, ou seja, não iremos conseguir ver essa experiência tal como ela é.

 

A meditação não é necessariamente para ser agradável, é para veres exatamente a tua realidade tal como ela é.

 

A partir do momento em que vês exactamente a realidade tal como ela é, então poderás avançar na tua vida usando doravante a experiência que resultou dessa realidade, em forma de sabedoria.

 

Independentemente das condições da tua vida serem excelentes ou terríveis, é sempre uma opção tua o estado mental em que queres permanecer. E esta é uma das grandes conquistas que a meditação traz. Tu podes optar. É sempre uma escolha. A tua escolha.

 

Entendes, finalmente, que tudo na tua vida é impermanente. Nada dura para sempre. Tudo passa.

 

Se duvidas podes começar a praticar.

 

Sofia Pérez
Coach Holístico e Hipnoterapia Transpessoal
coachsofiaperez@gmail.com
www.coachsofiaperez.com

Share on Facebook
Please reload

Recent Posts
Please reload