11

November 4, 2019

Novembro

Mergulhados nesta época tão especial da alquimia e da extrema sensibilidade temos a oportunidade de sermos guiados para um espaço de transição entre o passado e o presente, o conhecido e o desconhecido.

É o tempo de entender o paradoxo que reside no facto da dor ser sempre um veículo para nos trazer a verdade e o entendimento. O desafio é sentir a dor sem nos identificarmos com a experiência e sem julgamento.

Aproveitemos este impulso para viajarmos profundamente na nossa mente inconsciente, refletindo sobre as nossas crenças, comportamentos, motivações e as memórias do passado que nos mantêm presos a fantasmas obsoletos. Podemos começar pelo silencio, esse grande Mestre que traz todas as respostas e nos auxilia no nosso regresso a casa.

Que esta época nos traga a coragem de enfrentarmos a infantilidade e a cegueira com que tantas vezes vivemos as situações desafiantes e difíceis da nossa vida.

É o tempo de honrar a morte e contemplar os mistérios da vida e da regeneração. Ciclo vida / morte / vida. Com a morte vem a mudança e consequentemente a transformação de um estado para o outro. Assim é.

Sofia Pérez
coachsofiaperez@gmail.com

www.coachsofiaperez.com

 

 

Share on Facebook
Please reload

Recent Posts
Please reload